Get Adobe Flash player

Dicas para falar de pertinho

Sem escolher faixa etária, raça, classe social... o mau hálito, quando chega, não perdoa!

Você já fez o teste? Já perguntou para a sua mãe, ou para uma amiga próxima, se o seu hálito anda ok? Muita gente tem esse problema e não se dá conta. Aposto que não foram poucas vezes que você foi conversar com alguém mais de perto e teve essa surpresa.

Como ninguém quer isso para si, nada melhor do que dicas para evitar esse mal!

A causa mais freqüente do mau hálito é escovar os dentes de forma errada! Não limpar os dentes direito provoca gengivite (inflamação da gengiva) e ela faz com que o odor da sua boca não seja lá um dos melhores.

Além da gengivite, algumas outras doenças também favorecem o mau hálito como diabetes, doenças febris e doenças digestivas. “A prevenção é a medida mais importante no caso do mau hálito, e acaba sendo a principal forma de tratamento. Deve-se ter cuidado com a alimentação e, principalmente, com a higiene bucal”, esclarece Dr. Héber Lopes, especialista em odontologia estética e reconstrutora.

Segura essas dicas do especialista:

-Coma alimentos ricos em fibras, como frutas, verduras e cereais, pois eles ajudam na limpeza mecânica e total dos dentes.

-Beba muita água: pelo menos 2 litros por dia.

-Escove muito bem os dentes e a língua. Lembre-se que escovar bem não significa usar a força. Escove sempre depois que comer e também em outros momentos que julgar necessário. Escovar os dentes só é demais se virar TOC (Transtorno Obsessivo compulsivo)!

-Use o fio dental após cada refeição. Restos de comida se decompondo no meio dos dentes causam mau cheiro (ecat!).

-Faça bochechos com anti-sépticos bucais ou com água com uma pitada de bicarbonato de sódio.

-“Estar sempre bem alimentado também ajuda, pois evita a acidez estomacal”, esclarece Dr. Héber.

-Para dar uma tapeada, mastigue chiclete (de preferência sem açúcar). Ele realiza uma limpeza mecânica dos dentes, porém não substitui a escovação.

-Se o problema for digestivo, procure um médico (óbvio!), mas de qualquer maneira, evite comer carne gordurosa, fritura, repolho, brócolis, couve-flor, alho, cebola. Dê preferência ao leite desnatado e ao queijo branco ou ricota.

 

Redes Sociais